USA e Democracia: moral da história

Hoje, mais do que nunca, é dia de defender a Democracia. Certamente, não lhe cabe a culpa do que aconteceu. Aliás, e não há paradoxo nisto, o MEC tem toda a razão quando diz “A eleição de Donald Trump foi um triunfo da democracia e uma derrota profunda dos meios de comunicação social”. Foi um triunfo porque ela se cumpriu, no que ontem lhe foi pedido. Que respeitasse o voto popular.

Já a imbecilização do Povo, que conduziu a este inditoso dia, não é certamente culpa do sistema democrático. À imbecilização e marginalização a que foi votado, o povo respondeu da única forma possível, da única forma que foi “ensinado”, de forma imbecil e votando num marginal (digo marginal, no sentido pejorativo do termo). Ora, a Democracia é o “Governo do Povo, Pelo Povo, para o Povo”. Esta verdade de Lincoln não passou ontem a mentira. Aliás, mostrou-se em toda a sua pujança. Do, pelo, para. O sistema esqueceu-se, por demasiados anos, das três parcelas. O povo respondeu. O sistema não gosta, eu também não. Hoje contenho-me, porque apara além de estar meio em slow motion, quis acima de tudo ter a certeza daquilo a que já antes havia dito, mas agora com os resultados contados e a apontar noutro sentido. Esperava ter mais quatro anos para que os “líderes” percebessem que estas eleições iriam mudar tudo, ainda que Clinton ganhasse.

Do Povo, Pelo Povo, para o Povo. A culpa não morre solteira e este sistema tem caras muitas. A principal cara, os principais culpados foram os media. Não só “não cobriram esta história [sigam o link, que não se arrependerão], como vêm mascarando outras, anos após anos, décadas após décadas. Não só não “cobriram” a sistémica estupidificação do povo, como contribuíram, a par de dinastias e dinastias de elites, para ela. E, com tudo isso, fragilizando o Povo, fragilizaram a Democracia.

Tamanha foi a ganância do capital (e a ironia é mesmo ser um ultra-capitalista a liderar esta revolta), que ousou mandar para canto Bernie Sanders (o único que poderia evitar este dia). Diz’que é um perigoso esquerdista.

Do Povo, Pelo Povo, para o Povo. Esqueceram-se de que o Povo pode mudar. Que o Povo muda. Esqueceram-se de que o mudaram, mas nem lhes passou pela cabeça de que essa mudança lhes ia rebentar nas mãos. E não deram conta de que trump disse tudo o que “este” Povo queria ouvir (agora, que já tem os votos vai, claro, ignorar olimpicamente quem acreditou nas barbaridades que foi vomitando).

A Democracia começa em casa, continua nas escolas (em todos os níveis desde o primeiro), continua nos media (lá está). Não podemos educar os nossos filhos na inveja da galinha da vizinha. O que passa nas tv’s é lixo. Desliga-se. E o lixo acaba por acabar. E a Democracia continua por aqui e por ali e não há local onde não possa e deva ser exercida. Se o medo se intrometer, há que lhe fazer peito. E ele recua e acaba por sair. Porque em Democracia não pode haver medos.

Não podemos fazer reset e começar do zero. Primeiro porque não nos podemos esquecer da moral desta história, depois porque estamos muito abaixo de zero. E vai custar muito voltar lá acima, ao andar térreo. Mas não há impossíveis. Por mais difícil que possa parecer. O que separa o impossível do inevitável é a nossa vontade, a vontade de todos. E lá voltamos ao mesmo. Foi possível trump ganhar, temo que seja catapulta para a le pen alcançar igual, em França.

Vai só ser igualmente possível reverter isto. Não com as armas deles (sejam de fogo, sejam muros, sejam o medo), mas com a reabilitação da Democracia. E isso passa mesmo por todos nós. Estão assustados, com medo? Ou nos mexemos ou eles cavalgam a onda e só param quando o último democrata baixar os braços.

Era só, por hoje era só.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s