Formas alternativas de mudar o mundo

logo_vogais_lemaPlantar um filho, parir uma árvore, rasgar um “livro”. Um dia dei uma cabeçada num “livro”. Tinha custado para cima de quinhentos paus. Ficaram dois. O livro era tão mau que o vendi por volumes. Quatro. É que entretanto dei outra cabeçada em cima da primeira. E ganhei dinheiro. Rego o meu filho todos os dias. E ele cresce. Em todas as direcções. Eu lá vou dizendo do que penso. E ele apara-se daqui, estende-se para acolá. Não a meu comando, que o sacana tem um feitio daninho; e um dos melhores sentidos de humor a que já assisti. E babo-me. Claro que me babo. E às vezes à frente dele. Quando tiro a dentadura. A cena de parir uma árvore é grossa. Já ajudei um girassol a ver a luz, feito de semente enjeitada pelo meu papagaio e que empurrei pela varanda acima. E o tipo lá girou. Ao sol. Pena não haver giraluas. Agora já há, se não havia. Mentira, que a palavra cão não morde. E também já fiz outras coisas. E olhem, não levem tudo assim tão à letra. Atentem primeiro nas vogais. O segredo está nas vogais. Vogais de prazer ou de dor. Vogais democráticas. Quem grita uma consoante? Pisam-te o pé. E tu? A. ou É (esta tem de levar acento). Ou I. Ou O. Ou U. Às vezes juntamo-las. AI. UI. OI. IA. IÉ. E por ai fora. Experimenta mostrar dor ou prazer com uma só consoante. Ou com duas T? Z? TZ? Já alguém gritou de dor ou de amor com um Ç? E era só. Apeteceu-me. UI.

Anúncios

One thought on “Formas alternativas de mudar o mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s