“ó Calvão, exorciza-me ali aquela moção”

Calvão da Silva lamenta “fúria demoníaca da Natureza” [Expresso]
Homem que morreu em Boliqueime “entregou-se a Deus” [Público]
Mau tempo no Algarve? “Deus nem sempre é amigo”, diz ministro [Público]

Este ministro até prometia, entre deuses e demónios. Mas lá teremos de fazer pelo país, e deixar o humor mais pobre (o calvão é uma mina d’oiro).

No entanto, mantenho a esperança de ver um exorcismo em pleno Parlamento. Já estou a ver o coelho: “ó Calvão, exorciza-me ali aquela moção de rejeição”. E ele, “não dá patrão, é a fúria demoníaca da Democracia”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s