Rafael Marques

image

O cúmulo da ignomínia, da sordidez, da cobardia, da suprema filha-da-putice. Não foi Angola que condenou Rafael Marques. Foi o regime cleptocrático angolano que o fez. Os Dos Santos e seus generais, vampiros do povo. Angola é o povo a que Rafael Marques dá voz. Esse, um dia condenará, sem apelo nem agravo, quem agora condenou Rafael Marques. E não terei pena e nada sentirei como exagero. Por mais cabeças que acabem espetadas em paus. A condenação de Rafael Marques, assente num tecnicismo processual que é a cara chapada do regime angolano, não será esquecida. A traição ao Direito e ao Homem não serão esquecidas. Como advogado sinto-me insultado. Como homem sinto-me pisado na essência. Dói-me até ao âmago do que faço por ser. Não imagino o que o Rafael estará a sentir. Espero que consiga conter o ódio e a raiva. Eu não consigo. Hoje, não consigo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s